C CNP

Projeto para fabricação de fraldas em Campo Novo do Parecis é contemplado com Fundo Social do Sicredi

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

Com assessoria


Lions Clube da cidade foi beneficiado com recursos da cooperativa Sicredi Sudoeste para compra de matéria-prima para a produção de nove mil fraldas descartáveis, que serão doadas a famílias carentes


Nove mil fraldas descartáveis serão produzidas pelo Lions Clube de Campo Novo do Parecis no Projeto Matéria-prima do Banco de Fraldas, contemplado pelo Fundo Social da cooperativa Sicredi Sudoeste MT/PA. As fraldas serão fabricadas pela entidade, que no ano passado comprou, também com apoio do Sicredi, duas máquinas para a confecção do produto. No entanto, por falta de recursos para compra de matéria-prima, o projeto não evoluiu e somente este ano será concretizado, com a produção efetiva das fraldas. A intenção é ajudar pessoas acamadas, cujas famílias não têm condições de comprar o item de higiene.

 

Para a presidente do Lions Clube de Campo Novo do Parecis, Juliana Aparecida Andrade Weschenfelder, que assumiu a gestão no começo de julho, a quantidade de fraldas prevista para ser produzida no projeto será suficiente para atender a demanda por um ano. “O Projeto Fraldas do Bem começou em 2019, mas foi interrompido por causa da pandemia. Em 2021, conseguimos implantar o projeto com a ajuda do Sicredi, que nos apoiou na compra do maquinário. E agora, mais uma vez, com o apoio da cooperativa, conseguimos recursos para comprar a matéria-prima para iniciar a produção”.

 

lionssicred.jpeg

 

O projeto Matéria-prima do Banco de Fraldas é um dos sete projetos atendidos pelo Fundo Social da cooperativa em Campo Novo do Parecis. Ao todo, 85 projetos foram aprovados pela cooperativa este ano em Mato Grosso e no Pará, e receberão um total de R$ 1,1 milhão em recursos.

 

O Fundo Social tem o objetivo de apoiar entidades, atividades ou projetos que geram benefícios e melhorias às pessoas e às comunidades locais de sua área de atuação, que evidenciam as causas da Cidadania Corporativa do Sicredi: Cooperação, Educação e Desenvolvimento Local. Os projetos aprovados envolvem ações de assistência para pessoas em situação de vulnerabilidade, projetos musicais, esportivos, ambientais, educativos e de combate à desigualdade social, fome e assistência básica.

 

lionssicred3.jpegO próximo desafio, conta Juliana, será ter os voluntários para manter a produção ao longo do ano. “Para este início já conseguimos voluntários, que são os colaboradores do próprio Sicredi, mas precisamos de mais gente para seguir com a produção”. Segundo ela, iniciativas como o Fundo Social do Sicredi são importantes para que a instituição consiga prestar um serviço melhor e atender a população que mais precisa. “Se fosse só o Lions, não conseguiríamos fazer um trabalho tão grandioso”, confessa.

 

O Sicredi tem o propósito de construir uma sociedade mais próspera, e contribuir com entidades que atendem pessoas que precisam é uma forma de ajudar a materializar essa missão. A gerente de uma das agências de Campo Novo do Parecis, Walkyria Francisquetti, afirma que é uma satisfação para a cooperativa, para a agência e para os colaboradores poder fazer parte da concretização de um projeto como este. “Nos sentimos felizes e gratos, com o coração cheio de alegria em ajudar o Lions Clube. Trabalhar numa instituição que faz parte da comunidade e se envolve com causas sociais nos motiva a cada dia. Isso não tem preço”, afirma Walkyria ao contar que três turmas de colaboradores foram montadas para ajudar na produção de fraldas de forma voluntária.