C CNP

Fórum de Campo Novo do Parecis realiza Mutirão Pai Presente

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

Para estimular o reconhecimento voluntário da paternidade e reduzir o número de crianças sem o nome do pai na certidão de nascimento, a Corregedoria-Geral da Justiça (CGJ), por meio da Comissão Estadual Judiciária de Adoção (Ceja) e o Fórum de Campo Novo do Parecis, por meio do Centro Judiciário de Solução de Conflitos e Cidadania, estão promovendo o Mutirão Pai Presente.

 

De acordo com Marli Pereira da Silva Rodrigues, Gestora do (Cejusc) de Campo Novo do Parecis, esta é uma ação que leva informações para toda sociedade sobre a importância de ter o nome do pai na certidão de nascimento. "É essencial que pais e mães tenham em mente que ter o nome do pai na certidão de nascimento é um direito da criança, da pessoa e que possibilita uma série de benefícios”.

 

Segundo a Gestora, o reconhecimento de forma voluntária acontece quando o suposto pai comparece espontaneamente para reconhecer a paternidade de seu filho. Se for criança ou adolescente deve estar portando os documentos necessários e se o filho for adulto deve estar presente na audiência. Caso não seja consensual, a mãe deve procurar a diretoria do fórum munida de cópias do documento de identidade e da certidão de nascimento do filho e indicar o nome e o endereço do suposto pai, para que ele seja intimado a comparecer.