The Best bookmaker bet365

Menu

Ampa e IMAmt inauguram Centro de Treinamento e Difusão Tecnológica em Sapezal

A inauguração ocorrerá na próxima semana, dia 30 (sexta-feira) e terá Dia de Campo do Algodão.


Na próxima semana, dia 30 (sexta-feira), será inaugurado o último Centro de Treinamento e Difusão Tecnológica de uma série de cinco unidades instaladas pela Associação Mato-grossense dos Produtores de Algodão (Ampa) e pelo Instituto Mato-grossense do Algodão (IMAmt). A inauguração acontecerá em Sapezal, no Núcleo Regional Noroeste, responsável hoje pela maior área de cultivo do algodão em Mato Grosso: na safra 2016/17, essa região cultivou 162 mil ha de um total de 626 mil ha cultivados no estado. De acordo com as estimativas de produtividade da Conab, nas fazendas dos municípios de Sapezal e Campos de Júlio deverão ser colhidas cerca de 257 mil toneladas de pluma.
 
Os outros quatro CTDTs, inaugurados nos núcleos regionais Norte (Sorriso), Sul (Rondonópolis), Centro (Campo Verde) e Médio Norte (Campo Novo do Parecis), entre outubro de 2015 e setembro de 2016, já estão em pleno funcionamento, com a realização de cursos, treinamentos, e atividades de desenvolvimento e difusão de novas tecnologias.
 
A inauguração do CTDT será marcada pela realização do Dia de Campo do Algodão, evento promovido anualmente para divulgação de novas tecnologias desenvolvidas por pesquisadores do IMAmt e parceiros.
 
"O IMAmt está se firmando como uma instituição de ponta voltada para o desenvolvimento de novas tecnologias a serem utilizadas no sistema produtivo adotado no cerrado. O Dia de Campo é a oportunidade para nós, produtores, nos atualizarmos e nos prepararmos, junto com as equipes técnicas, para a próxima safra", convida Alexandre Pedro Schenkel, presidente da Ampa e do IMAmt na gestão 2017/18.
 

Quatro Estações

A programação do Dia de Campo, que será iniciado às 7h30 com inscrições e café da manhã, prevê quatro estações, tendas onde pesquisadores, consultores e outros representantes do IMAmt e da Comdeagro (Cooperativa Mista de Desenvolvimento do Agronegócio) estarão recepcionando os visitantes e fazendo breves palestras.
 
Na Estação 1, serão apresentadas as variedades do IMAmt, por Marcio de Souza, coordenador de Projeto e Difusão de Tecnologias do IMAmt, Antonio Neto e Ueverton Rizzi, da Comdeagro.
Na Estação 2, os pesquisadores Jean Belot (melhorista) e Rafael Galbieri (fitopatologista) falarão sobre novas variedades de algodoeiro, com ênfase na resistência e/ou tolerância à ramulária e a nematoides.
 
Na Estação 3, o tema será o monitoramento do bicudo do algodoeiro, o trabalho desenvolvido pelo Grupo Técnico do Algodão (GTA) do Núcleo Regional Noroeste e o manejo de destruição de soqueira, medida considerada fundamental para o controle dessa e outras pragas. O pesquisador Edson Andrade Junior e o assessor técnico regional Renato Tachinardi estarão recebendo os visitantes, ao lado do consultor Walter Jorge dos Santos, um dos maiores especialistas brasileiro no controle do bicudo.
 
Controle biológico e manejo das principais pragas serão os temas da Estação 4, sob a responsabilidade dos pesquisadores Carlos Marcelo Soares e Jacob Crosariol Netto.
A solenidade de inauguração do CTDT do Núcleo Regional está marcada para meio-dia e será seguida de almoço, a ser servido no local.
 

Serviço

O que: Inauguração do Centro de Treinamento e Difusão Tecnológica do Núcleo Regional Noroeste e Dia de Campo do Algodão
Quando: 30 de junho (sexta-feira), a partir das 7h30
Onde: Centro de Treinamento e Difusão Tecnológica do Núcleo Regional Centro Ampa/IMAmt – Rodovia BR-364, sentido Sapezal/Brasnorte, Km 1100, à direita, em frente à Fazenda Encantado
 
 Fonte: Assessoria de Comunicação da Ampa

Compartilhar esta postagem

Submit to FacebookSubmit to Google PlusSubmit to TwitterSubmit to LinkedIn
Read more...

Polícia Civil incinera cerca de 200 quilos de drogas em Tangará

Aproximadamente 200 quilos de entorpecentes foram incinerados pela Polícia Judiciária Civil, no início da tarde desta quinta-feira (22.06), em Tangará da Serra (239 km a Médio-Norte). A destruição da droga foi realizada por policiais civis de Nova Olímpia (207 km a Médio Norte) e Tangará da Serra com apoio de equipe do Grupo Armado de Resposta Rápida (Garra) e Delegacia Regional.
 
A quantidade de entorpecente é resultado de apreensões realizadas em operações da Polícia Civil em 2017 que gerou vários inquéritos policiais nas Delegacias de Tangará da Serra e Nova Olímpia.
 
O montante de drogas contendo maconha, cocaína, skank e lsd, foi queimado na fornalha de uma empresa de Tangará da Serra. A incineração foi realizada com autorização judicial e contou com a presença de várias autoridades que acompanharam a destruição.
 
O delegado Nelder Martins Pereira disse que a Polícia Civil com apoio do Garra intensificará o trabalho preventivo e repressivo no combate ao tráfico de drogas em Tangará da Serra e em todo Estado de Mato Grosso.
 
“A grande quantidade de entorpecente incinerado mostra que a Polícia Civil vem atuando de maneira firme no combate ao tráfico de drogas na região e se empenhará cada vez mais na repressão dessa prática, desencadeadora de diversos outros crimes”, destacou.
 
PJC-MT

Compartilhar esta postagem

Submit to FacebookSubmit to Google PlusSubmit to TwitterSubmit to LinkedIn
Read more...
Subscribe to this RSS feed
Banner 640X100 WhatsApp

Comentários Facebook API

Usando sua conta do Facebook para comentar você estará sujeito aos termos de uso e politicas de privacidade do Facebook. Seu nome no Facebook, Foto e outras informações pessoais que você deixou como públicas irão aparecer no seu comentário e poderão ser usadas pelo Portal de Notícias Parecis.Net.

The best bookmaker bet365.artbetting.co.uk