The Best bookmaker bet365

Menu

Equipe do IFMT de Campo Novo do Parecis é selecionada par OBAP

Uma equipe de alunos do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Mato Grosso – IFMT campus Campo Novo do Parecis se prepara para participar da etapa nacional da Olimpíada Brasileira de Agropecuária – OBAP, que é uma competição científica nacional destinada aos alunos do curso Técnico em Agropecuária e demais cursos do Eixo Tecnológico Recursos Naturais de todo Brasil.
 
A equipe, denominada Guaxinim do Cerrado, é composta pelos alunos Iagor Wingenbach Guadagnin, Igor Wingenbach Guadagnin e Larissa Ledur Schmitt e tem como orientador o professor Gessimar Nunes Camelo.
 
A competição é realizada em duas fases: uma virtual, em que cada aluno tem de responder um questionário de 40 questões de múltipla escolha, e outra presencial, que ocorrerá entre os dias 01 e 03 de setembro, na cidade de Barbacena, Minas Gerais.
 
Para a fase presencial são selecionadas apenas as 50 melhores equipes. Dentre elas está a do IFMT campus campo Novo do Parecis, que, juntamente com outra equipe de Mato Grosso, representará o Estado.
 
O professor orientador, ressalta, orgulhoso, que está muito feliz com a conquista. “É um reconhecimento pelo trabalho realizado, mas acima de tudo é um incentivo para os alunos que compõem a equipe”.
 
Os alunos estão ansiosos, pois, segundo Iagor, a OBAP é uma forma de testar seus conhecimentos como agrotécnico. Sua companheira de equipe, Larrisa Ledur, que já foi medalhista da Olimpíada Brasileira da Matemática das Escolas Públicas – OBMEP e da Olimpíada de Língua Portuguesa Escrevendo o Futuro, concorda e complementa que participar dessas olimpíadas é sempre muito positivo. “É uma oportunidade de testarmos nossos conhecimentos, mas, acima de tudo, é uma oportunidade de representar nossa escola e conhecer outras pessoas. É agregador e enriquecedor”, disse.
 
A OBAP é uma competição científica e nacional destinada aos alunos do curso Técnico em Agropecuária e tem como objetivo estimular o ingresso dos jovens em carreiras técnico-científicas, incentivando a participação em atividades de iniciação científica, colocando-os em situações desafiadoras, estimulando a cooperação e integração entre eles.
 
A OBAP está na sua 7ª edição e é organizada pelo Instituto Federal Sul de Minas, participaram da fase virtual 523 equipes de todo o Brasil. A fase presencial ocorrerá nos dias 1, 2 e 3 de setembro, no Instituto Federal Sudeste de Minas Gerais, localizado em Barbacena – MG.
 
Carla Londero – Ascom IFMT Campus Campo Novo do Parecis

Compartilhar esta postagem

Submit to FacebookSubmit to Google PlusSubmit to TwitterSubmit to LinkedIn
Read more...

5 mulheres são agredidas a cada hora em Mato Grosso

O número de mulheres vítimas de violência em Mato Grosso continua a crescer e a cada hora, em média, 5 mulheres sofrem algum tipo de agressão no Estado e denunciam. Dados da Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp-MT) apontam que no 1º semestre desse ano foram registrados 22.246 ocorrências de violência contra mulheres em todo Mato Grosso. O número é representa um aumento de 12,5% quando comparado ao mesmo período de 2016.
 
Os maiores registros no Estado envolvem crimes de assédio sexual com aumento de 56,9%, injúria e preconceito com avanço de 31,2% e difamação com 29,5% de crescimento. Na Grande Cuiabá o aumento do número da violência praticada contra mulheres chega a 13,8% no semestre. Apesar do aumento da violência durante os 6 primeiros meses desse ano em Mato Grosso, houve também uma queda de 22% no número de homicídios contra as mulheres. Segundo dados da Sesp, 35 mulheres foram assassinadas no Estado durante o semestre, contra 45 vítimas no mesmo período de 2016.
 
No Estado o crime com maior número de registros foi o de ameaça. Quase 10 mil mulheres mato-grossenses foram ameaçadas nesse 1º semestre. Na Capital esse tipo de crime vitimou, em média, 12 mulheres por dia, e somou um total de 2.257 crimes dessa natureza. Em Várzea Grande foram 1.095 registros no semestre. Apesar de ter sido o crime mais registrado, o crime de maior crescimento contra mulheres em Mato Grosso, segundo os dados da Sesp, foi o de assédio sexual.
 
Durante os 6 meses foram registrados 91 ocorrências, aumento de 56,9% em relação os registros do ano anterior. Conforme autoridades da área, nesse universo de violência contra a mulher a maioria dos agressores tem vínculo afetivo e familiar com as vítimas e se enquadra na Lei 11.340, conhecida como Lei Maria da Penha, que completou 11 anos esse mês. Não há um perfil específico para o agressor e nem mesmo para as vítimas, mas a maioria tem em comum a dependência financeira do agressor, o que muitas vezes se torna o empecilho para as mesmas realizaram as denúncias.
 
A defensora pública e presidente do Núcleo de Defesa da Mulher, Rosana Leite explica que os dados são assustadores quanto ao fato desse tipo de violência ainda estar muito presente na nossa sociedade e os números serem subnotificados.
 
Segundo Rosana os registros são ainda maiores do que os que são denunciados, porém ela explica que o crescimento precisa também ser visto como positivo quando se leva em consideração que as vítimas têm feito denúncias. “Esse aumento já era esperado com o advento da Lei Maria da Penha, mas ainda não há como saber se houve um aumento na violência contra a mulher, ou se as mulheres passaram a acreditar na eficiência da LMP”. O que é de fato real, segundo a defensora, é a diminuição em 10% do número de Feminicidio nos lares brasileiros desde a entrada em vigor da LMP.
 
“Uma pesquisa do Ipea apontou também que a LMP é uma das mais divulgadas do Brasil, que 98% da sociedade brasileira conhece, ou já ouviu falar dela”.
 
Gazeta Digital

Compartilhar esta postagem

Submit to FacebookSubmit to Google PlusSubmit to TwitterSubmit to LinkedIn
Read more...

Defensora Pública de Campo Novo apresenta dificuldades enfrentadas pela instituição

Foi realizado na manhã desta sexta-feira, 18, uma reunião com Thais de Oliveira, defensora de Justiça em Campo Novo do Parecis, com o objetivo de repassar aos vereadores a difícil situação financeira em que passa a instituição.
 
O órgão tem desenvolvido um importante papel junto à comunidade com mais de 2.200 atendimentos neste primeiro semestre o que poderá ser prejudicado se houver cortes no orçamento.
 
Conforme Thais, a instituição tem primado por um atendimento de qualidade, mesmo com toda a dificuldade na sua manutenção e para assegurar este trabalho solicitou dos vereadores um apoio junto a Assembleia Legislativa objetivando assegurar recursos financeiros no orçamento estadual.
 
O vereador Milton Soares aproveitou a oportunidade para parabenizar o trabalho desenvolvido pela Defensoria Pública destacando que os vereadores estarão fortalecendo as cobranças junto aos deputados.
 
Wagner Tavares da cunha presidente do legislativo afirmou que estará encaminhando ofício ao presidente da assembleia com a intenção de sensibilizar os demais deputados da importância de manter ou até mesmo aumentar o orçamento para a instituição.
 
Outra demanda assegurada pelos vereadores diz respeito a necessidade da construção da sede própria para a Defensoria Pública.
 
ASOM Câmara Municipal

Compartilhar esta postagem

Submit to FacebookSubmit to Google PlusSubmit to TwitterSubmit to LinkedIn
Read more...

Preso por pedofilia trabalhava em projeto com 3 mil crianças

O educador Leonardo Ribeiro Fernandes, de 33 anos, preso por pedofilia em Santos, no litoral de São Paulo, era auxiliar voluntário de uma unidade municipal de ensino. Ele foi flagrado por investigadores da polícia ao marcar um encontro com "finalidade sexual" com um adolescente de 13 anos na sexta-feira (18).
 
A Prefeitura de Santos informou que Leonardo trabalhava no Centro de Atividades Integradas de Santos (Cais) Professor Milton Teixeira, dentro do Programa Escola Total. A Secretaria de Educação estima que ao menos 3 mil estudantes sejam atendidos pela iniciativa, que oferece atividades no contraturno escolar.
 
Por meio de nota, a administração confirmou que o educador trabalha na unidade desde fevereiro deste ano, após ter sido escolhido em processo seletivo e que, até então, não havia qualquer ocorrência envolvendo a atuação dele. Após a prisão, a pasta decidiu afastá-lo para "proteger e preservar os alunos".
 

O caso

Leonardo foi flagrado por uma equipe da Delegacia de Investigações Gerais (DIG) de Santos na Avenida Rei Alberto, no bairro Ponta da Praia. O pai do adolescente avisou a polícia sobre o encontro, que havia sido marcado em uma rede social. Ele não resistiu à prisão e admitiu a intenção sexual.
 
A equipe acompanhou o suspeito até sua residência, localizada nas proximidades. Leonardo admitiu aos investigadores que mantinha conversas com menores de idade, e que no computador dele havia vídeos e fotos com crianças e adolescentes praticando sexo.
 
No celular do educador, a polícia ainda encontrou conversas em aplicativos de mensagens nas quais aparecem crianças e adolescentes sem roupa. Os investigadores também constataram a existência de conversas que ele mantinha com outros menores, ainda não identificados pela equipe que acompanha o caso.
 
G1

Compartilhar esta postagem

Submit to FacebookSubmit to Google PlusSubmit to TwitterSubmit to LinkedIn
Read more...

Ladrões levam quatro tratores de fazenda próxima à Tangará da Serra

O roubo aconteceu na noite deste domingo (20), em uma fazenda próximo à Itamarati Norte.


Segundo informações, por volta de 19h, cinco homens chegaram na propriedade pedindo água para o radiador do carro que supostamente estava fervendo. No entanto, renderam e amarraram o casal de empregados da fazenda e, usando violência psicológica, uma pessoa de motocicleta ficou monitorando o casal até aproximadamente 1h30min desta segunda-feira (21).
 
Após roubarem os tratores, evadiram da propriedade. O casal conseguiu se livrar das cordas por volta de 3h30min e ligaram para a polícia.
 
De acordo com o Boletim de Ocorrência, o casal informou que pelos sons ouvidos, os bandidos levaram 02 tratores carregados e 02 rodando. Os funcionários informaram ainda, que possivelmente entre os bandidos haviam algum que entendia de mecânica de tratores, haja vista que conseguiram funcionar inclusive o trator que estava com entrada de ar e outros problemas.
 
Foram levados 04 tratores Massey, sendo: 03 Massey Ferguson 292 e 01 Massey Ferguson 7180 cabinado.
 
Quem tiver qualquer informação sobre o paradeiro dos tratores, pode entrar em contato com a Polícia Judiciária Civil no 197 ou com a Polícia Militar no 190.
 
A polícia segue com as investigações.
 
Rádio Pioneira

Compartilhar esta postagem

Submit to FacebookSubmit to Google PlusSubmit to TwitterSubmit to LinkedIn
Read more...

Comando Regional da PM deve fortalecer ações preventivas e relação com comunidade

Há 17 dias no comando da unidade regional de Tangará da Serra (239 km da Capital), o coronel PM Heverton Morett realizou nesta quarta-feira (16.08) a primeira reunião de alinhamento estratégico para definir, junto aos comandantes das unidades subordinadas, o plano de trabalho que será implementado na região.
 
Segundo o coronel, a proposta inicial é fortalecer ações preventivas nas áreas de comércio, zona rural e perímetro escolar, além de manter a proximidade entre as unidades e a comunidade.
 
“Vamos reforçar o patrulhamento nessas áreas e atuar com atividades de prevenção, entendendo que essas ações ampliam a sensação de segurança de toda a sociedade”, explicou o comandante.
 
Na oportunidade, também foram apresentadas pelos comandantes das unidades subordinadas os pontos sensíveis no enfrentamento à criminalidade. Quanto a essa problemática, o novo comandante enfatizou o compromisso.
 
“Com o diagnóstico que foi apresentado por cada região, vamos direcionar nossas ações e fortalecer alguns eixos sensíveis de forma pontual com reforço de algumas atividades”, assegurou Morett.
 
Reuniões devem acontecer periódicamente para manter o alinhamento entre as unidade e monitorar os efeitos nos índices de criminalidade com as novas ações que serão aplicadas nos municípios.
 
O Comando Regional de Tangará da Serra (CR7) compreende outros sete municípios: Barra do Bugres, Brasnorte, Campo Novo do Parecis, Denise, Nova Olímpia, Porto Estrela e Sapezal.
 
PM MT

Compartilhar esta postagem

Submit to FacebookSubmit to Google PlusSubmit to TwitterSubmit to LinkedIn
Read more...

PM prende 8 suspeitos de assaltarem agência bancária em Nova Mutum

Em Nova Mutum, policiais militares prenderam em flagrante cinco homens suspeitos de envolvimento com o assalto ao Banco Sicredi, unidade do bairro Vela Vista, e recuperaram o carro e os mais de R$ 21 mil roubados.  
 
As prisões aconteceram na tarde desta sexta-feira (18.08), poucos minutos depois do crime. Welber Batista Figueiredo, 23, Rafael Amorin de Brito, 21, Ricardo Padilha Nunes, 33, Arielton Ribeiro Alves, 19, e Vinicius Silva de Paula, 19, estavam em um veículo Renault com placa de Cuiabá.
 
Conforme relato dos policiais, os suspeitos foram presos minutos depois de entrarem no carro. Ela haviam roubado o veículo de um cliente na porta da agência bancária.
 
Cercados pela PM, os cinco ocupantes não tiveram saída. Com eles foram apreendidos dois revólveres calibre 38 com 10 munições, R$ 21,8 mil e sete celulares.
 
Já em Várzea Grande, no início da noite de quinta-feira (17.08), policiais da Força Tática prenderam três pessoas. Karina Letícia dos Santos, 18, Paulo Geovane dos Santos, 23, e Talita dos Santos,18, suspeitos do assalto a agência aos Correios de Denise, crime ocorrido na manhã do mesmo dia.
 
Com o trio as equipes da FT várzea-grandense apreenderam seis celulares, além de uma pulseira e uma corrente supostamente de ouro. Além de dinheiro dos Correios, os suspeitos levaram o carro de uma autoescola, um Celta, de cor vermelha, e diversos celulares.
 
Por meio de aplicativo instalado em um dos celulares roubados, o da dona do Celta, o Núcleo da PM em Denise monitorou os passos dos ladrões. Por diversas vezes as interrupções do sinal do celular deixaram a PM sem informações do trajeto dos bandidos.
 
Quando o monitoramento apontou a chegada deles em Várzea Grande a Força Tática foi acionada. Os suspeitos foram presos no Jardim Esmeralda. O celular que guiou os policiais estava no bolso de Paulo Geovane.
 
O quarto envolvido, que seria namorado de Talita, já identificado, conseguiu fugir com o carro e o dinheiro (valor não informado pelos Correios).
 
PM MT

Compartilhar esta postagem

Submit to FacebookSubmit to Google PlusSubmit to TwitterSubmit to LinkedIn
Read more...

Ciclista que teve dedo decepado em Campo Novo do Parecis recebe indenização de R$ 20 mil

Um ciclista que teve o dedo polegar decepado por uma tampa elétrica que se desprendeu de um ônibus, receberá uma indenização de R$ 20 mil. O Tribunal de Justiça de Mato Grosso (TJMT) manteve a condenação de primeira instância e determinou que a empresa TUT Transportes Ltda arcasse com os danos morais e estéticos causados ao ciclista. Além disso, a Companhia Mutual de Seguros também foi arrolada solidariamente junto à empresa de transporte a pagar a indenização. O caso aconteceu na Rodovia BR 364, em Campo Novo do Parecis (396 km a noroeste de Cuiabá), no ano de 2012.
 
O desembargador e relator do caso, Dirceu dos Santos, entendeu que a empresa de transporte não cuidou da manutenção do veículo e por conta disso, “não há o que se falar em fatalidade no caso em apreço, pois, no momento da ultrapassagem, a tampa da caixa elétrica do ônibus estava aberta, caracterizando a negligência da empresa de transporte, ao deixar de cuidar de seu veículo e sua imprudência, caracterizada pelo fato de expor os usuários da rodovia a perigos e danos de toda ordem”, disse em seu voto.
 
Deste modo, o pedido feito pela vítima Claudio Roberto da Silva, foi acolhido parcialmente: “defiro o pedido de fixação de indenização por danos morais, cujo valor arbitro em R$ 20.000,00. Sobre esse valor deverá incidir correção monetária pelo INPC, a partir deste julgamento (Súmula nº 362 do STJ) e juros de mora de 1% ao mês, a partir do evento danoso, conforme a Súmula nº 54 do STJ. Em relação aos danos materiais, o recorrente requer que este seja fixado na forma de pensão vitalícia no importe de um salário mínimo mensal, o equivalente a R$ 937,00 (novecentos e trinta e sete reais), contudo, entendo que tal pretensão não merece amparo, pois o mesmo não se tornou inabilitado para as atividades laborativas”.
 
Por fim ao avaliar o contrato da TUT Transportes com a empresa seguradora, o magistrado vislumbrou que o contrato assegura a cobertura de sinistro por danos morais. Desta forma condenou a seguradora a bancar solidariamente a indenização a titulo de danos morais.
 
Veja mais na Apelação 170066/201. Clique AQUI.
 
TJMT

Compartilhar esta postagem

Submit to FacebookSubmit to Google PlusSubmit to TwitterSubmit to LinkedIn
Read more...

Governo e Caixa retomam construção das 400 casas do Residencial Parecis

O Governo de Mato Grosso e a Caixa Econômica Federal, assinaram na sexta-feira (18), os contratos para a imediata retomada das obras do Residencial Parecis.
 
Além das 400 casas do Residencial Parecis em Campo Novo do Parecis, retomarão a partir de agora a construção de residenciais em Cuiabá, com 470 unidades habitacionais do conjunto Nico Baracat II; Rondonópolis, onde serão contempladas 470 unidades do residencial Dona Neuma; Sinop, com a volta da construção de 576 residências dos residenciais Nico Baracat I e II; e Várzea Grande, com o residencial Colinas Douradas I e II, nos quais somam mil unidades habitacionais.

Compartilhar esta postagem

Submit to FacebookSubmit to Google PlusSubmit to TwitterSubmit to LinkedIn
Read more...

Levantamento do TCE identifica defasagem em cálculo do IPTU em 25 municípios

Por determinação do pleno do Tribunal de Contas do Estado de Mato Groso (TCE-MT), 25 municípios do interior terão que efetuar a atualização de suas plantas genéricas de valores com vistas à cobrança do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU). A decisão foi emitida nesta terça-feira (15.08), durante a sessão plenária ordinária, em que foi julgado o processo nº 10.129-0/2017, que trata do levantamento realizado pela Secretaria de Controle Externo da 3ª Relatoria do gabinete do conselheiro Waldir Júlio Teis.
 
O levantamento foi determinado em consonância com a orientação contida no artigo 148, parágrafo segundo do Regimento Interno da Corte de Contas. O objetivo foi verificar a atualidade das das Plantas Genéricas de Valores, o controle, a qualidade e eficiência da gestão do Imposto Predial Territorial Urbano – IPTU para o período de 2017-2020 em relação à previsão, ao lançamento, à arrecadação, à concessão de isenções e de imunidades e à contabilização, em 25 municípios mato-grossenses.
 
A iniciativa do levantamento foi provocada pela apresentação de uma Representação de Natureza Interna (RNI) a partir da identificação de irregularidades e ou ineficiência na gestão do IPTU, principal fonte de receita própria da maioria dos municípios. De antemão, a equipe de auditores da Secex da 3ª Relatoria detinha a informação de que os municípios de Glória D' Oeste, Novo São Joaquim, Poconé, Ribeirão Cascalheira sequer tinham elaborado e aprovado pelas Câmaras de Vereadores as suas Plantas Genéricas de Valores para a cobrança do IPTU quadriênio 2017/2010.
 
Do mesmo modo, os muniicípios de Conquista D' Oeste, Nova Nazaré e Querência ,Campos de Júlio, Chapada dos Guimarães, Nova Xavantina e Porto Esperidião, Canarana, Cocalinho, Comodoro, Gaúcha do Norte, Nova Lacerda e Sorriso, por sua vez, não haviam feito a revisão e de atualização da Planta Genérica de Valores.
 
O Comitê Técnico do TCE-MT, aprovou o Levantamento de informações das Unidades Jurisdicionadas Municipais referentes à receita própria, com aplicação de auditoria no IPTU, no qual integra o PAF do exercício de 2017 da Terceira Relatoria. No trabalho foi utilizado a Planta de Valores Genéricos – PGV que permitiu diferenciar os imóveis de acordo com o seu valor de mercado e seguir os princípios tributários de justiça fiscal social.
 
Frente aos achados apontados no relatório, o conselheiro relator Waldir Teis, em seu voto, após acolher o parecer do Ministério Público de Contas, determinou à Secex da 3ª Relatoria a abertura de quatro Auditorias de Conformidade no período de 2017 a 2020.
 
Também determinou aos prefeitos de Glória D' Oeste, Novo São Joaquim, Poconé, Ribeirão Cascalheira, Santo Antônio do Leverger e Vila Bela da Santíssima Trindade, para que seja instituída as Plantas Genéricas de Valores até o dia 31/05/2020, considerando a definição e a metodologia legal para apuração genérica em massa dos valores venais dos imóveis para fins de cobrança do IPTU.
 
Aos gestores dos municípios de Água Boa, Cáceres, Canarana, Campo Novo do Parecis, Campos de Júlio, Chapada dos Guimarães, Gaúcha do Norte, Conquista D' Oeste, Nova Nazaré, Nova Xavantina, Pontes e Lacerda, Porto Esperidião, Querência e Sorriso, foi determinado que revisem a Planta Genérica de Valores até o dia 31/5/2019, considerando a Portaria do Ministério das Cidades nº 511, de 7 de dezembro de 2009.
 
Ainda foi deteminado que os prefeitos de Água Boa, Cáceres, Campo Novo do Parecis, Canarana, Cocalinho, Comodoro, Conquista D' Oeste, Gaúcha do Norte, Nova Lacerda, Nova Nazaré, Pontes e Lacerda, Querência e Sorriso, para que seja atualizada a Planta Genérica de Valores até 31/12/2017, para que tenha efeitos tributários no exercício de 2018, considerando o artigo 2º da Resolução TCE-MT nº 31/2012; e que seja encaminhado ao TCE-MT o cronograma para o cumprimento das determinações enitidas no Acórdão do julgamento no prazo de 90 dias.
 
O voto do conselheiro relator Waldir Teis foi seguido pela unanimidade dos membros do pleno do Tribunal de Contas.
 
TCE-MT

Compartilhar esta postagem

Submit to FacebookSubmit to Google PlusSubmit to TwitterSubmit to LinkedIn
Read more...
Subscribe to this RSS feed
Banner 640X100 WhatsApp

Comentários Facebook API

Usando sua conta do Facebook para comentar você estará sujeito aos termos de uso e politicas de privacidade do Facebook. Seu nome no Facebook, Foto e outras informações pessoais que você deixou como públicas irão aparecer no seu comentário e poderão ser usadas pelo Portal de Notícias Parecis.Net.

The best bookmaker bet365.artbetting.co.uk