The Best bookmaker bet365

Menu

SP: Torcedor de 21 anos morre após briga entre palmeirenses e santistas

Leonardo da Mata Santos, de 21 anos, morreu atropelado após uma briga entre palmeirenses e santistas na rodovia Anchieta. Mais quatro torcedores foram atropelados e um foi ferido por disparo de arma de fogo. Seis pessoas foram detidas.
 
A briga começou no km 18, por volta das 12h30, de acordo com a Ecovias, e durou aproximadamente uma hora e meia. A pista expressa, no sentido São Paulo, chegou a ser bloqueada pela companhia e pela PM para garantir a segurança de motoristas.
 
Segundo a assessoria de imprensa da PM, um torcedor foi ferido por um tiro e resgatado pelo Samu. Um dos atropelados foi levado pelo helicóptero Águia da Policia Militar ao Hospital das Clinicas e outros dois atropelados foram encaminhados ao PS Central de São Bernardo do Campo, sendo um deles Leonardo, que morreu no local, segundo a administração do hospital. Há ainda um torcedor no hospital Mario Covas, em Santo André.
 
No final da tarde, o tenente Mauricio Bijarta, do 1º Batalhão da Polícia Rodoviária, esteve no PS Central de São Bernardo para algemar um torcedor que está em estado grave, porém estável. Quando receber alta ele deverá ser encaminhado ao 2º DP do município, para onde já foram levados os outros detidos. Um deles também havia sido atropelado e hospitalizado, mas teve apenas ferimentos leves e foi liberado pelos médicos.
 
Os palmeirenses teriam feito uma emboscada para parar dois ônibus que traziam integrantes da Torcida Jovem do Santos e não tinham escolta policial. Na tarde deste domingo, o Palmeiras recebeu o Santos no estádio do Pacaembu, na capital, pelo Campeonato Brasileiro de Futebol. O time santista venceu por 3 a 1.
 
Segundo o delegado Ivan Parisotto, do 2º DP de SBC, dois ônibus da Torcida Jovem se dirigiam à sede social da torcida, no bairro Aricanduva (Zona Leste de São Paulo), mas teriam sido interceptados na altura do km 17,75 da Anchieta. Um grupo de 100 a 150 palmeirenses tentou bloquear a passagem, mas os motoristas dos ônibus conseguiram desviar.
 
No entanto, dois carros que vinham logo atrás acabaram atropelando alguns dos torcedores. O acidente teria envolvido um Audi e um Meriva e, conforme o registro no Boletim de Ocorrência, o motorista deste último estaria armado e teria atirado em um palmeirense. Esse torcedor, no entanto, não foi levado a nenhum hospital e seu paradeiro é desconhecido pela polícia.
 
Paus e pedras foram usados na briga. Rojões e disparos de arma de fogo foram ouvidos. Por volta das 19 horas, ainda era possível encontrar no local tênis sujos de sangue, deixados para trás por torcedores, além de paus, pedras, restos de rojões e até peças de carros, como pedaços de placas e espelhos retrovisores.
 
Um vigia que trabalha na Rua Carlos Maranesi e não quis se identificar diz ter ouvido ao menos três tiros durante a briga. Ele conta ainda que, pouco antes da confusão, uma Fiorino branca teria estacionado no local e seus ocupantes teriam entregue pedaços de pau a torcedores do Palmeiras que já aguardavam os santistas.
 
Detenções e apreensões
Seis torcedores foram detidos: Jeverson José dos Santos, de 24 anos; Marcio Ramon de Souza, de 34 anos; Anderson Ricardo Figueiredo Veras, de 25 anos; Leandro Nobrega Martins, de 22 anos; Cecílio Cocuzzi Neto, de 26 anos, e Marivaldo dos Santos Souza, de 34 anos.
 
Um sétimo torcedor, ainda internado no Hospital das Clínicas, também deverá ser indiciado, segundo o delegado. Todos serão enquadrados no Artigo 41 B do Estatuto do Torcedor, por provocar tumulto, e no Artigo 288 do Código Penal, por associação criminosa, um crime inafiançável.
 
A polícia apreendeu 44 pedaços de pau, semelhantes a cabos de enxada, cinco rojões, seis pedregulhos e uma faca de cozinha.
 
No carro de Leandro, um Fox preto, foram encontrados uniformes da torcida organizada Mancha Verde e ao menos cinco rojões. Em seu celular, a polícia achou mensagens no Whatsapp, nas quais ele relatava a amigos que havia participado da briga, que tinha ouvido disparos de arma de fogo e testemunhado atropelamentos.
 
Outro telefone que estava no carro, possivelmente de um dos feridos que ele transportou, também continha mensagens relacionadas a grupos da Mancha Verde de São Bernardo do Campo e de São Paulo.
 
“Não podemos afirmar com certeza, mas temos essas evidências”, diz o delegado Ivan Parisotto, do 2º DP de SBC, ao apontar indícios de que houve realmente a emboscada.
 
Fonte: G1

Compartilhar esta postagem

Submit to FacebookSubmit to Google PlusSubmit to TwitterSubmit to LinkedIn
Read more...

Cuiabá faz 'gambiarras' para a Copa a menos de uma semana do 1° jogo

A menos de uma semana de sediar sua primeira partida na Copa do Mundo, a capital mato-grossense tem para oferecer aos visitantes uma estrutura urbana baseada em obras entregues parcialmente e de utilização improvisada.
 
Sob comando do governo estadual, o pacote de projetos de mobilidade urbana prometido para preparar Cuiabá não foi concluído nem pela metade, reservando a mato-grossenses e turistas um cenário repleto de “gambiarras” ou trechos de obras “maquiadas”.
 
De acordo com o último balanço da Secretaria Extraordinária da Copa (Secopa), apenas 39% das obras prometidas para o evento mundial devem ficar prontas até o dia da primeira partida em Cuiabá, entre Chile e Austrália, na Arena Pantanal.
Aeroporto
 
No caminho de quem chegar a Cuiabá por avião, o principal terminal aeroportuário de Mato Grosso é o primeiro exemplo de obra conclusa apenas parcialmente. Localizado em Várzea Grande (cidade da região metropolitana da capital), o aeroporto Marechal Rondon ainda passa por obras de ampliação,  mas não deverá oferecer ao passageiro sequer uma área de alimentação e serviços mais ampla.
 
Também não deverão estar em operação parte do embarque internacional e duas das quatro pontes de embarque (fingers) previstas, segundo apontou relatório do Tribunal de Contas do Estado (TCE) em maio. À época, a Secretaria Extraordinária da Copa (Secopa) preferiu não comentar o relatório.
 
VLT: 'Maquiagem' nas ruas
 
Logo ao sair do aeroporto, o visitante poderá enxergar um viaduto, as bases de uma estação e o trecho inicial da mais cara obra prometida pelo governo estadual para a Copa do Mundo, o metrô de superfície Veículo Leve sobre Trilhos (VLT), o qual sequer entrará em operação antes de 2015 - conforme já admitiu o governo.
 
Ao custo de R$ 1,477 bilhão, a obra tinha prazo contratual de entrega para março deste ano, quando deveriam estar instalados e espalhados 22 quilômetros de trilhos pela região metropolitana, num novo sistema de transporte coletivo.
 
O visitante poderá conferir um esboço dessa promessa ao longo do caminho em algumas das principais artérias da malha urbana, como as avenidas João Ponce de Arruda e da FEB, em Várzea Grande, e as avenidas da Prainha, Historiador Rubens de Mendonça (do CPA), Fernando Corrêa da Costa e Coronel Escolástico, em Cuiabá.
 
No caminho até Cuiabá, o visitante vai perceber que a principal ponte de ligação das duas cidades estará com obras paradas. A ideia inicial era ampliar a capacidade da ponte para a passagem do VLT, mas os trabalhos se atrasaram e, agora, elas deverão permanecer paradas durante a Copa.
 
Durante esse período, a parte antiga da ponte deverá ser liberada para dar fluidez ao trânsito, assim como demais trechos de intervenções do VLT que, fora do prazo, terão os trabalhos interrompidos para liberar o tráfego. Já o TCE diz que nem o trecho prioritário do VLT - entre o aeroporto e o porto de Cuiabá - deve ficar pronto até o mundial.
 
Nas demais vias urbanas afetadas pelo VLT, o consórcio responsável pelas obras chegou a realizar escavações para instalações de trilhos ou abertura de trincheiras previstas no conjunto do projeto.
 
Entretanto, como já se sabe que nada sairá do papel até a Copa, o consórcio responsável está plantando grama nos canteiros centrais destruídos para amenizar a paisagem.
 
Centros de treinamento inacabados
 
Se o público corre o risco de ter dificuldades no trânsito, as oito seleções com jogos marcados em Cuiabá já sabem que não terão centros oficiais de treinamento (COT) completos – apenas gramados, segundo apontou o TCE.
 
Relatório do órgão mostrava que, até final de abril, os dois centros – COT da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT) e o COT da Barra do Pari – tinham atingido respectivamente apenas 65% e 70% de conclusão. A Secopa não quis comentar o relatório.
 
Fan fest de última hora
 
Devido ao atraso na licitação, o Fifa Fan Fest – estrutura exigida pela federação internacional de futebol para a Copa - também precisou passar por adequações para que sua entrega fosse possível.
 
Depois de duas tentativas de licitação malsucedidas, o governo resolveu reduzir a complexidade do projeto - que antes incluía intervenções para revitalizar a região da orla do rio Cuiabá.
 
Por fim, decidiu-se que o Fan Fest seria nada mais que um espaço para transmissão dos jogos em telões na antiga arena de rodeio do Parque de Exposições Jonas Pinheiro, com estrutura para shows e para os patrocinadores do mundial.
 
A estrutura ainda está sendo montada pelo Sindicato Rural de Mato Grosso, que entrou em acordo com o governo para executar o trabalho após as tentativas de licitação.
 
Estacionamento incompleto
 
No intuito de atender à demanda da Arena Pantanal, o governo estadual teve de desistir do projeto de um estacionamento nas proximidades do estádio. Isso porque a área prevista para as obras era justamente o terminal atacadista de Cuiabá, de onde a Prefeitura não conseguiu retirar os feirantes.
 
Assim, patrocinadores, pessoas ligadas à Fifa e equipes de comunicação terão de estacionar seus veículos no espaço do Círculo Militar e numa pequena área de estacionamento construída logo no entorno do estádio e que, antes, seria destinada a torcedores VIP e de camarotes.
 
Fonte: G1

Compartilhar esta postagem

Submit to FacebookSubmit to Google PlusSubmit to TwitterSubmit to LinkedIn
Read more...
Subscribe to this RSS feed
Banner 640X100 WhatsApp

Comentários Facebook API

Usando sua conta do Facebook para comentar você estará sujeito aos termos de uso e politicas de privacidade do Facebook. Seu nome no Facebook, Foto e outras informações pessoais que você deixou como públicas irão aparecer no seu comentário e poderão ser usadas pelo Portal de Notícias Parecis.Net.

The best bookmaker bet365.artbetting.co.uk